Integrante de quadrilha de roubo a lojas em Humaitá no Amazonas é presa em Rondônia

 Integrante de quadrilha de roubo a lojas em Humaitá no Amazonas é presa em Rondônia

A Polícia Civil do estado de Rondônia, por meio da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DERF), prendeu na manhã desta quinta-feira (06/06), a nacional Dejienes Santana, acusada de ser integrante de uma organização criminosa especializada em furtar lojas de confecções na cidade de Humaitá (AM) e no interior do Estado de Rondônia. De acordo com o Delegado da Polícia Civil de Rondônia, José Marcos, a investigação é de responsabilidade da Delegacia de Polícia Civil do município amazonense, mas a Delegacia de Patrimônios está atuando como parceira nesta investigação.

O delegado da Polícia Civil de Rondônia, Vinícius Lucena, revela que duas vítimas da quadrilha criminosa procuraram a delegacia há uma semana para informar que tiveram um prejuízo superior a R$ 50 mil, após suas lojas em Humaitá terem sido furtadas. “As lojas teriam sido arrombadas e os criminosos levaram grande parte da mercadoria. As próprias vítimas passaram a buscar informações e descobriram que roupas, semijoias, produtos de beleza que tinham sido furtados estariam em Porto Velho”, afirma o delegado.

Em Humaitá, o delegado responsável pelo caso já tinha dado início às investigações e descobriu, por imagens de câmeras de segurança, parte do bando. “Os criminosos agiam, via de regra na madrugada, em horário de pouco movimento. O que chama a atenção é a organização do grupo criminoso, pois faziam o levantamento das lojas, e observavam principalmente estabelecimentos de confecção e objetos femininos. As integrantes do grupo, primeiro se passavam por clientes para conhecer a loja e depois planejavam, invadiam e furtavam o local”, afirma.

De acordo com a Polícia, os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça do Amazonas e foram cumpridos em Porto Velho, resultando na prisão de uma das envolvidas. Na residência da acusada, foi encontrado várias mercadorias de procedência duvidosa, além do material identificado como sendo da loja furtada no amazonas.

Segundo o Delegado da Polícia Civil de Rondônia, Vinícius Lucena, o grupo criminoso atua tanto no Amazonas quanto em Rondônia, pois temos registros de uma ação realizada em Santa Luzia do Oeste, interior de Rondônia, na oportunidade, a Polícia Civil conseguiu apreender e identificar roupas e objetos furtados de uma loja. O modus operandi foi o mesmo utilizado no Amazonas.

A Polícia Civil continua o trabalho com objetivo de cumprir as demais medidas cautelares.

Fonte: ASCOM/PCRO com informações do site rondoniagora.com