Ji-Paraná adere ao Sistema Transcolar Rural que utiliza tecnologia de ponta ajudando na fiscalização do transporte

 Ji-Paraná adere ao Sistema Transcolar Rural que utiliza tecnologia de ponta ajudando  na fiscalização do transporte

O prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT) assinou esta semana, em seu Gabinete, termo de adesão com a fundação Christiano Otonni para a implantação e utilização do Sistema Transcolar Rural. Desenvolvido pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, o Sistema utiliza tecnologia de ponta, como o georreferenciamento, para gestão e fiscalização do transporte escolar e já é utilizado no estado do Espirito Santo, está sendo implantando no estado do Pará, além de ser utilizado por diversos municípios do próprio estado de Minas.

De acordo com o superintende Geral de Apoio Técnico da Secretaria Municipal de Educação – Semed, Marcos Gross o Sistema Transcolar foi avaliado in loco em Minas Gerais e depois de minuciosa análise se mostrou uma excelente ferramenta para a gestão do transporte escolar em Ji-Paraná, uma vez que gera um conjunto de rotas e seus respectivos custos para posterior licitação quase que automaticamente, bastando a alimentação de informações no Sistema, o que deve resultar em uma economia de custos para o Município.

“O Transcolar Rural é um sistema permanente de planejamento e controle do transporte escolar rural. Ele pode fornecer diversas variáveis de ambiente que podem ser alteradas pelo usuário para obter resultados de diferentes estudos, podendo optar pelo que garante melhor conforto e qualidade do transporte, dentro do limite financeiro”, explicou Marcos Gross.

Com o novo sistema de georreferenciamento, ainda segundo o superintendente, vai ser possível refazer novos estudos e uma recomposição do transporte escolar no Município, sendo um processo que deverá dinamizar e otimizar o transporte escolar, com melhor fiscalização e maior transparência na execução do contrato do transporte escolar, que hoje envolve também o Estado.

“Nós buscamos sempre para a administração de Ji-Paraná transparência e eficiência e esta ferramenta trará, sem dúvida nenhuma, muita eficiência e transparência no processo, nos ajudará a tomar decisões e até a entender em mais detalhes como essa complexa engenharia logística de transporte escolar funciona, com dados mais precisos, utilizando tecnologia via satélite de cada aluno, de cada ponto que os ônibus irão trafegar. E é um contrato que é sempre importante em termos de valores em qualquer Prefeitura, por isso a nossa responsabilidade, o nosso comprometimento em tornar o processo cada vez mais transparente aos olhos das autoridades e da população”, enfatizou o Marcito Pinto, quando da assinatura do contrato.

Implantação

A implantação do Sistema Transcolar Rural será feita pela UFMG, por meio do professor Nilson Tadeu, responsável direto pelo sistema. Já em julho espera-se que todo o cadastramento das escolas e dos alunos que utilizam o transporte escolar seja concluído e no mesmo mês uma equipe técnica da Universidade deverá vir a Ji-Paraná para a formação da equipe local para que o Sistema Transcolar já possa estar disponível para utilização.